YouTube vs OVP: Qual é melhor solução para o seu vídeo online?

YouTube vs OVP: Qual é melhor solução para o seu vídeo online?

Online Video
01 Abril, 2016 -
Tempo de leitura : 6 min

As coisas mudaram bastante, no que se refere à distribuição de vídeo, desde os primeiros dias do vídeo online, do boom do YouTube, do Facebook e das redes sociais. O paradigma mudou. As marcas precisam de saber qual a rede social ou que plataforma de partilha de vídeo funciona melhor para cada tipo de conteúdo, para cada tipo de produto.

É importante entendermos os prós e contras de publicar vídeo no YouTube, Facebook, Vimeo, Vine ou Instagram, e construir uma estratégia de multi-plataforma de vídeo que seja eficaz e que crie maior retorno.

Se falarmos no YouTube por exemplo, as vantagens são:

  • É a maior plataforma de partilha de vídeos do mundo (mais de um bilião de utilizadores e todos os dias são visualizadas centenas de milhões de horas de video).

  • É propriedade do Google por isso, aparece muitas vezes bem classificado nos resultados de pesquisa.

  • Permite interação com o seu público através de comentários.

  • É grátis.

No entanto, também há desvantagens em usar o YouTube:

  • Pelo facto de ter tanto conteúdo disponível, torna-se mais dificil destacar o seu produto.

  • O conteúdo dos concorrentes pode ser mostrado perto do seu conteúdo, ou relacionado com o seu conteúdo.

  • O YouTube poderá colocar publicidade no seu vídeo, e a publicidade pode ser do seu concorrente direto.

  • O conteúdo público não é tão facilmente controlado (comentários, por exemplo podem desvirtuar o seu produto).

  • SEO: O link indexado nas pesquisas do Google será o do YouTube, convertendo uma visita para esta plataforma e não para o seu site
  • Não há um serviço de apoio ao cliente direto.

O YouTube está pensado para manter as pessoas o máximo de tempo possível no YouTube, por isso os utilizadores estão menos dispostos a sair do YouTube e a visitar o seu site ou a sua loja, e o que nós queremos é que os utilizadores visitem a nossa loja.

O YouTube só é eficaz para o e-commerce, quando consegue levar os clientes para a próxima fase do processo de compra. Um vídeo do YouTube, se for visto nas páginas do YouTube ou num player incorporado, deve orientar sempre os clientes para a próxima fase da sua compra: que deverá ocorrer no seu site. Ou seja, deve encaminhar os clientes para uma página do produto ou outra landing page, onde podem fazer uma compra e / ou aprender mais sobre o seu produto. A chave do sucesso é, portanto, estabelecer uma "ponte" para o seu caminho.

As empresas devem usar o YouTube juntamente com uma plataforma profissional de vídeo online. O YouTube deve ser parte importante da estratégia de vídeo no e-commerce, como uma ferramenta top-of-funnel no processo de compra do cliente, utilizando o alcance para aumentar a consciência de novos clientes e movê-los em direção à consideração para efetuarem uma compra. Uma plataforma de vídeo profissional é mais forte como uma estratégia de mid-to-end-funnel no processo de compra do cliente, movendo clientes da consideração para a compra.

Ao desenvolver uma estratégia de gestão de vídeo online híbrida está a combinar o melhores dos dois mundos: por uma lado o alcance e comunidade do YouTube, e por outro as dados estatísticos avançados, a ausência de publicidade e a possibilidade  de tirar partido de todas as ferramentas que as plataforma de vídeo online profissionais oferecem. Estas plataformas são normalmente conhecidas como OVPs, são platforms-as-a-service e facilitam o processo de alojamento e gestão de vídeo no seu site ou na sua loja.

Pense nisto como uma estratégia "HOST e POST": "Host" para os vídeos que disponibiliza na sua loja online ou no seu site através de uma plataforma de vídeo profissional, e "Post" para os vídeos que coloca no YouTube ou no Facebook. Utilizar apenas o Youtube no e-commerce não é a solução mais eficaz. O Youtube e as outras redes sociais devem funcionar como meios para atrair potenciais clientes, mas a compra deverá ser efetuada na sua loja com vídeos alojados numa OVP.

As OVP’s (online video platforms) são plataformas de vídeo que ajudam a simplificar a gestão, distribuição e rentabilização de vídeo online.

E são várias as vantagens que tem em utilizar uma OVP:

  • Permitem que seja a marca a controlar a publicidade dos seus vídeos.

  • Dá-lhe muito mais opções de personalização, o player de vídeo é personalizado.

  • Dá-lhe elevados níveis de controlo / ROI.

  • Permitem-lhe adicionar "eventos" HTML no vídeo.

  • Tem a capacidade de adicionar popups e outras interações no vídeo.

  • SEO: O link indexado nas pesquisas do Google será o do seu site, convertendo uma visita direta para o seu negócio.
  • As OVP's permitem CTA do tipo de email possibilitando aumentar a sua base de contactos e posteriormente integrar com serviços de email marketing.

  • Disponibilizam estatísticas avançadas.

  • Permitem segurança no acesso aos conteúdos (ex: pay-per-view).

Concluindo:

Use vídeo nas redes sociais e no YouTube para atraír visitas para o seu site e uma OVP para reter o consumidor na sua página e aumentar o ROI.

O primeiro passo: é utilizar as redes sociais como forma de atraír potenciais clientes. Tenha conteúdo criativo e sucinto nas redes sociais que atraia a atenção dos consumidores e mantenha a sua atenção para a próxima fase da sua experiência de vídeo.

O segundo passo: é construir uma ponte. Agora que os clientes já têm interesse no seu produto e querem saber mais, inclua calls-to-action persuasivos, claros e clicáveis nos seus vídeos do YouTube ou Facebook que orientam facilmente as pessoas para as páginas do seu site.

O terceiro e último passo: é disponibilizar os vídeos de produto no seu site através de uma OVP para que consiga controlar todo o processo de venda, para ficar a saber mais sobre o seu cliente através das estatísticas e eleve o nível de interação com o cliente para que sinta que a experiência é uma experiência personalizada.