Vídeos mudos: técnica de sucesso

Vídeos mudos: técnica de sucesso

Online Video
23 Junho, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

Em momentos como este em que o público está envolvido por todos os lados por informações e em que não está a consumir o conteúdo que procura, é quando deve apostar à grande nas suas estratégias de conteúdo.

Uma forma de se destacar da multidão é um vídeo realmente bem feito. O melhor de tudo é que nem sempre precisa de voz.

 

1. Conte uma história comovente e convincente

Sem voz, o espetador concentra-se melhor no que se está a passar no ecrã, o que torna ainda mais importante contar uma história que exibe o seu produto ainda mais, mantendo a atenção dos espetadores.

É necessário que consiga valorizar a sua história e manter o público viciado e concentrado no início ao fim.

 

2. Reforce a sua mensagem

Use letras para reforçar o essencial da sua mensagem, use imagens apelativas, fortes e com significado. É possível contar a mensagem por apenas imagens, basta ser um pouco criativo.

 

3. Material de qualidade

Num vídeo sem diálogo os elementos visuais são fundamentais. Eles têm de estar em harmonia ou podem distrair o público do ponto principal. Use uma boa câmara, experimente diferentes técnicas de edição para chamar ainda mais a atenção dos espetadores.

 

4. Siga a regra dos 3 segundos

Três segundos: este é o tempo que, por norma, um espetador vai estar atento ao seu vídeo, todo o resto depende do conteúdo. O seu público consegue decifrar a sua mensagem em 3 segundos e, a sua marca deve focar-se nesses três segundos e conseguir agarrá-lo até ao final do vídeo.

 

5. Valorize a sua história com música

Um vídeo sem diálogo não significa que não tenha áudio de apoio como efeitos sonoros ou música, mas claro, sempre adaptado ao conteúdo, para que seja simples identificar a mensagem.

 

Os filmes mudos, apesar de não terem – como o nome indica – voz, conseguiram um grande sucesso mesmo depois da sua época, são clássicos e, segundo alguns especialistas uma grande fonte de inspiração para estes vídeos. Muitos deles são, ainda hoje, grandes referências. É simples, as imagens têm de ser claras, a qualidade boa e o som ter de intensificar a mensagem. O restante, concerne à criatividade.