Trafégo e Audiência

Trafégo e Audiência

Marketing
12 Setembro, 2014 -
Tempo de leitura : 2 min

Hoje em dia fala-se em publicidade online, marketing digital, vídeo online, nas vantagens que tudo isto pode gerar e, consequentemente, nas vantagens que isso trará. No entanto, essas visitas, o tráfego, apenas mostram quantas pessoas viram determinada página ou publicação e não qual o efeito que teve ou quem realmente voltará ao site.

Resumidamente, o tráfego é o número de visitantes do website (de cada página, ficheiro, etc; ou seja, mesmo que a pessoa não pretenda entrar naquele website e pretenda algo muito diferente, é contabilizada como visitante). Por outro lado, a audiência, definida por quem realmente se interessa pelo conteúdo do website, é o que se  deve medir atentamente e aquilo a que os marketeers dão mais importância, traduzindo:

- os visitantes que estão mais de um minuto na página

- os visitantes que lêem artigos e aprofundam a pesquisa dentro do website

- os visitantes que subscrevem, se registam ou partilham (conversões da página)

- os visitantes que regressam.

 

Estes visitantes são os que mostrarão se o investimento feito em marketing digital surtiu o efeito certo e valeu a pena.

É importante ter em conta que não é com qualquer conteúdo ou qualquer marca que se consegue uma boa audiência: não basta publicar mas sim colocar a marca no centro de uma comunidade, com algo que lhe chame a atenção.

Este ponto de interesse vai gerar engagement e é o que marcará a diferença entre o visitante ser considerado audiência ou mero tráfego e o ponto fulcral para esta conversão será converter a audiência em audiência leal. Como?

É simples!

- Encontre o que a audiência gosta de ler e foque-se nesse género de conteúdos, pois fará com que se tornem leitores/visitantes assíduos.

- Não aborreça os seus leitores: escolha conteúdos agradáveis e chamativos! Foque-se nos interesses principais do seu público e não tenha medo de ser irreverente e original.

- Não se esqueça da importância das imagens: uma imagem vale mais que mil palavras e o público prefere conteúdo visual!

- Escreva de forma a melhorar a leitura: parágrafos curtos, linguagem simples e textos concisos.

- Limitar-se a títulos curtos e fortes: que chame a atenção, indique o tema e resuma o texto.

 Não fique focado em conseguir trágefo e concentre-se em encontrar e usar as melhores técnicas para aumentar a sua audiência.

fonte: http://thenextweb.com/