SVoD: o que é e como funciona

SVoD: o que é e como funciona

Online Video
05 Outubro, 2015 -
Tempo de leitura : 3 min

SVoD ou Subscrição de Video On Demand é o nome dado aos serviços que consoante uma subscrição que implica o pagamento de um valor mensal fixo, dão aos utilizadores acesso ilimitado a um catálogo de programas que podem ser vistos na televisão, computador pessoal ou no tablet através da internet, em streaming (ou seja, não existe download do conteúdo).

Os utilizadores têm um controlo total sobre a assinatura e sobre os conteúdos de alta qualidade (podendo parar, pausar, avançar ou recuar), disponíveis a qualquer momento e atualizados frequentemente.

 

Os serviços de SVoD são considerados melhores que os serviços por cabo ou redes de transmissão. Segundo os estudos mais recentes, este tipo de serviços está mesmo a crescer consideravelmente.

No México, por exemplo, os subscritores já chegam aos 5 milhões de assinantes, tornando-se o maior mercado de VoD na América Latina. Por sua vez, nos E.U.A. só o Netflix está presente em mais de 40% dos lares.

Em Portugal, o Netflix - o serviço mais conhecido de SVoD - estreou em outubro e, segundo uma entrevista de Reed Hastings, cofundador e CEO do Netflix ao jornal Expresso, o facto de os portugueses já subscreverem pacotes pagos de TV não é impedimento ao sucesso deste novo sistema que em todo o mundo já tem mais de 62 milhões de clientes.

 

No entanto, o Netflix é apenas o serviço SVoD mais conhecido. Para além de outros serviços como a Hulu e a Clarovideo, que funcionam tal como o Netflix, com séries e filmes, as empresas e marcas estão a começar a aderir a esta forma de transmissão de conteúdo para chegar até ao seu público.

Nos E.U.A. a receita de SVoD teve um crescimento de cerca de €397 milhões só de 2010 para 2011!

 

Algumas empresas que frequentemente fazem conferências ou estão de alguma forma ligadas ao e-learning estão a aderir ao SVoD para, de forma mais atraente conquistarem um público vasto e terem algum retorno.

Assim, o público interessado subscreve o serviço e tem acesso aos vídeos on demand da marca. Neste caso, poderá ser por vídeo ou subscrição mensal e os conteúdos são, obviamente, específicos, dependendo da área e objetivos da marca.

 

O vídeo online provou várias vezes o seu sucesso e o ROI também é consideravelmente alto. No entanto, as empresas começaram a querer aumentar ainda mais o seu rendimento através do vídeo e nada melhor que o público pagar para ver.

 

Não se esqueça que o facto de serem conteúdos pagos implica que haja um maior empenho e profissionalismo na produção do vídeo, evitando erros básicos, para que compense esse pagamento.