Social Marketing: Usar o Snapchat em negócios

Social Marketing: Usar o Snapchat em negócios

Social Media
09 Outubro, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

Já ouviu de certeza falar do Snapchat.

Apesar de em Portugal ser usada maioritariamente no seio da população mais jovem, o Snapchat é das redes sociais com um crescimento mais acentuado, com mais de 100 milhões de utilizadores ativos por dia.

 

No mundo dos negócios é natural usar o Facebook, mas apenas 2% das empresas usam Snapchat o que a torna numa vantagem competitiva pela falta de concorrência, dando a oportunidade de chegar a um novo público, mais recetivo a marketing inteligente e criativo.

 

Ao contrário das outras redes sociais, não importa quando o conteúdo é publicado. Os Snapchat nunca se vão perder numa linha de tempo/cronologia. Apesar de cada publicação aberta só durar entre 1 a 10 segundos, enquanto o recetor não a vir mantem-se intacta. E não interprete mal a curta duração: à primeira vista os Snaps podem parecer uma perda de tempo por desaparecerem tão rápido, mas na verdade, esse curto espaço de tempo vai captar a atenção dos utilizadores.

 

Veja então como começar a integrar o Snapchat no seu plano de social marketing:

 

1. Desenvolva conteúdo

Criar tutoriais sobre a sua área, mostrar os bastidores da sua empresa, como é feito ou como utilizar o seu produto, pedir aos seus seguidores fotografias com os seus produtos (que vai fazê-los sentirem-se valorizados) são tudo ideias válidas.

Os seus conteúdos deverão ser num tom casual e divertido, semelhante ao usado no Tumblr ou no Vine.

 

2. Seja criativo

Depois de decidir os conteúdos que vai utilizar, pense em como o apresentar de forma criativa.

No Snapchat pode desenhar ou escrever nas fotografias para adicionar humor ou fazer um vídeo.

No caso do vídeo ter música certifique-se que tem direitos para a publicar.

 

3. Incentive à participação

Incentive o seu público a responder no Snapchat ou outras redes sociais. Organize, por exemplo, sorteios.

 

4. Adicione CTAs

Se que os utilizadores tomem medidas depois de ver os seus conteúdos tente pedir-lhes para tirarem screenshots ao Snap em troca de códigos de desconto ou comece uma história e incentive-os a visitarem o website para conhecerem o resto.

 

Algumas marcas conhecidas já estão no Snapchat, como é o exemplo da Amazon, McDonalds, CNN, Vogue e do músico Steve Aoki.

 

O marketing no Snapchat ainda é um grande território inexplorado e iniciar a sua estratégia agora torna-se numa grande vantagem.