Quer sucesso com o seu vídeo? Torne-se mais social!

Quer sucesso com o seu vídeo? Torne-se mais social!

19 Março, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

Este ano parece já ser seguro afirmar que se prevê uma ascensão do vídeo online no Facebook.. E porquê? Uma estratégia de vídeo que não inclui uma ampla base de plataformas está no caminho errado.

 

Vídeo no Facebook: o segredo

Estamos a publicar cerca de 75% mais vídeos nesta rede social do que fazíamos há um ano atrás, 65% das visualizações são mobile e a visibilidade das notícias com vídeo aumentou cerca de 360%.

Precisamente por este sucesso, o Facebook aconselhou as marcas a que o conteúdo seja forte o suficiente para se destacar das fotografias, links para blogs, atualizações de estados e todas as novas histórias com que o vídeo competirá. Desde o início do ano também é possível destacar uma publicação com vídeo e criar uma lista de reprodução no YouTube com base nos likes.

É absolutamente obrigatório adaptar a estratégia de vídeo de forma a reconhecer estas oportunidades e a aproveitá-las.

 

Vídeo social: o espetador tem de partilhar

A partilha de um conteúdo é tão importante quanto a sua criação e as redes sociais como o Twitter ou o Facebook são excelentes para isso!

A ideia não é só ter um lugar para alojar o vídeo, mas para se tornar social, interagir e ter uma conversa com quem gosta do conteúdo.  É este ponto de interesse que se traduzirá ou não em partilhas e interações com o conteúdo.

 

Encontre a audiência certa

É necessário ter uma equipa empenhada para agarrar no vídeo e nas capacidades sociais da sua marca e transformarem em conteúdos de conversa.

Essa conversa é a chave para o sucesso deste ano e para manter essa conversa tem de saber onde a sua audiência está a gastar o seu tempo.

Neste momento, o burburinho em redor do Facebook está a causar uma mudança no comportamento público e nas facetas do marketing de vídeo.

 

Youtube vs Facebook

O conteúdo de vídeo deve ser pesquisável e este é o ponto fraco dos vídeos no Facebook.

O Youtube não é só uma plataforma de alojamento de vídeo e uma rede social, é também um motor de busca – o segundo maior do mundo! E, por este motivo, não deve ser descartado. Pelo contrário, deverá ser a sua rampa de lançamento do vídeo.

Por outro lado, a grande vantagem do Facebook é, sem dúvida, a fraqueza do Youtube: a descoberta aparece mais naturalmente, perfurando os seus interesses.

 

Seja como for, este ano existe uma lei: se quer sucesso para o seu vídeo, inclua-o na estratégia de marketing social.