Os Millenials e o Video Online

Os Millenials e o Video Online

Online Video
02 Dezembro, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

Segundo o portal media Liga-te à Media os anúncios de vídeos curtos e mobile-friendly são efetivamente os preferidos dos Millenials - o que na verdade, não é novidade.

 

O consumo de vídeo cresceu significativamente nos últimos anos, fazendo inclusivamente de 2015 o ano do vídeo. Em particular, o que se revelou mais notável este ano, foi o crescimento do tráfego pertencente a vídeo nos dispositivos móveis, que já ultrapassa os 50%.

A pouca duração da bateria ou a reduzida dimensão do ecrã não é, claramente, segundo o portal, um problema. Apesar desses “defeitos”, a percentagem de Millenials que assiste a conteúdos de vídeo em dispositivos móveis pelos menos uma vez por semana é de 95%.

 

Apesar dos Millenials serem considerados um público difícil de controlar e envolver, a verdade é que o vídeo se revela numa excelente estratégia para os envolver, principalmente se o anúncio tiver até 30 segundos, conseguindo reter a sua atenção.

Para além de que é das poucas estratégias que não é considerada aborrecida por esta geração.

 

Para além do vídeo, outra tendência abraçada pelos Millenials é, sem dúvida, o uso dos mais variados gadgets, pelo que apostar em campanhas preparadas para serem vistas em qualquer dispositivo e que cruzam vários dispositivos são o ideal para este grupo de consumidores, principalmente quando o objetivo é potenciar a notoriedade da marca.

Aliás, Andrew Snyder, da Yahoo! refere ainda que a introdução de novos formatos, como o vídeo nativo, pode ajudar na segmentação da publicidade, correspondendo às expectativas da audiência e dos anunciantes.

 

Claro que tudo isto é como um ciclo vicioso entre as marcas e o público: quanto mais o vídeo se revela uma ferramenta e estratégia de sucesso, mais as marcas criam e publicam, mais o público se envolve e consome e mais sucesso traz ao vídeo.