O que exige uma boa estratégia de vídeo online?

O que exige uma boa estratégia de vídeo online?

Online Video
09 Junho, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

Começar uma estratégia de vídeo já foi mais complexo. No entanto, há certos aspetos que devem ser bem pensados. Por esses motivos reunimos alguns dos aspetos que deve considerar.

 

1. Recursos e equipamentos

O orçamento, seja numa grande ou pequena empresa, não vai ser tão elevado quanto poderia ser. A verdade, é que toda a gente se preocupa com o orçamento e está a tentar fazer mais com menos e, agora, não é necessário um grande investimento para conseguir um bom vídeo.

Não precisa nem de apostar num estúdio formal nem em equipamentos de topo. Sim, a qualidade é importante, mas a autenticidade é mais. Aposte na autenticidade. Não descore os bons equipamentos e recursos, mas dê um lugar de destaque ao conteúdo que vai oferecer ao seu público.

 

2. Histórias

Para a maioria das organizações não há falta de conteúdo com potencial. Pense no seu público e o que quer que eles saibam sobre si.

Um bom primeiro vídeo é sobre o que é a empresa e sobre o que a empresa faz. Vídeos de campanha são importantes para dar vida à marca e recordarem o público da sua existência. Entrevistas com líderes de pensamento e clientes vão gerar mais confiança. Apesar de ser tudo digital, os vídeos dão um lado humano à marca.

 

3. Alojamento

É tentador colocar os vídeos em plataformas gratuitas, ainda mais se forem famosas como o YouTube. No entanto, o ideal é conjugar essa plataforma com o alojamento no próprio website a partir de uma OVP profissional.

E, já agora, no Facebook, o melhor meio para tornar o vídeo famoso e partilhado a curto prazo.

 

4. CTA

Nunca termine o vídeo com um ecrã vazio. Aproveite-o e consiga mais conversões, incluindo um call-to-action para subscrever newsletters ou fazer downloads de um white paper.

Pode também recomendar outros vídeos ou colocar um botão “saber mais”.

 

5. Estatísticas

A medição do desempenho é a única maneira de saber se os seus vídeos são bem-sucedidos. Consiga as métricas ideais como a forma como os vídeos são vistos e como os espetadores se envolvem com ele.

 

Há uns anos, as redes sociais também assustaram marketeers e comerciantes. Hoje o que não tiver presença acentuada nas redes sociais não existe. O vídeo não está agora no início, mas cada vez mais as marcas reconhecem o seu valor e procuram abraçar esta estratégia, tirando o maior partido dela. Não se deixe ficar para trás.