Mobile SEO: como controlar os conteúdos

Mobile SEO: como controlar os conteúdos

Marketing
15 Outubro, 2015 -
Tempo de leitura : 3 min

Os utilizadores de internet passam cada vez mais tempo nos smartphones, navegando na internet, fazendo compras online, pesquisando por notícias, visitando redes sociais e conhecendo marcas. Em janeiro de 2015 havia cerca de 3.649 mil milhões de utilizadores móveis, num total de 1.685 mil milhões que acediam às redes sociais a partir dos seus dispositivos.

 

Em abril de 2015, o Google assumiu a liderança das mudanças para otimizar a experiência mobile, atualizando o algoritmo, dando prioridade aos dados mobile e à experiência do utilizador móvel.

 

Deixamos uma lista de 4 dicas essenciais para os profissionais de content marketing conseguirem melhorar a abordagem, tornando-a mais mobile-friendly, até porque, segundo a comScore, mais de 56% dos conteúdos digitais são hoje vistos através de mobile.

 

1. Perceba em que ponto está

Há várias formas para perceber se o seu website já tem características mobile-friendly. Teste e tente perceber quais os pontos que deverá melhorar.

O Google põe ao seu alcance o Mobile-friendly Test que lhe mostra exatamente a capacidade mobile-friendly do seu website e que pontos melhorar.

 

2. Crie conteúdos fáceis de consumir

E claro, concisos.

A forma como o seu público interage com o conteúdo durante uma pesquisa mobile e como o consome é muito diferente de uma pesquisa no desktop.

O seu website terá de servi-los da melhor forma: a sua homepage deve oferecer visões gerais e call-to-actions (CTA) para as páginas mais importantes. O essencial de cada página deve estar focado na parte superior.

 

3. Destaque os títulos

O ecrã do telemóvel é agora o grande portal para chegar ao público. Mas apesar de ter uma grande importância tem um tamanho bem reduzido - muito mais que o ecrã do computador. Por isso, se os títulos já têm de dizer muito em pouco espaço, no caso do mobile o espaço é menos ainda e a informação tem de ser mais focalizada e destacada.

Entre aplicações, páginas web ou e-mails, o espaço para títulos é mínimo, pelo que eles e as descrições e subtítulos deverão oferecer um resumo do conteúdo conciliando-os com o resto do espaço para que se enquadrem bem, sem esquecer o facto de que têm de ser suficientemente atraentes.

 

4. Lembre-se do seu público

São os seus clientes que tomam as decisões finais que lhe trarão reconhecimento e sucesso e é neles que se tem de concentrar e que lhe deve dar atenção.

Conte com o que sabe sobre o seu público para ajudar a formatar as mudanças de conteúdo e torne a experiência inesquecível.

 

O Mobilegeddon afeta a pesquisa do Google mas não para todos os sites, pelo que alguns websites não otimizados poderão continuar destacados. No entanto, a maioria dos conteúdos da web são afetados. Otimizar para uma versão mobile não faz só o Google mais feliz, como também o seu público!