Mais cliques com e-mail marketing

Mais cliques com e-mail marketing

Marketing
22 Julho, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

Independentemente do objetivo do seu website ser a venda de produtos, disponibilização de informação, oferta de serviços ou qualquer outro, tudo passa por conseguir conversões. Mas, para que seja possível é necessário, em primeiro lugar, conseguir visitas. E uma das formas de gerar mais tráfego é através de newsletters.

 

Reveja, então, alguns hábitos para que consiga aumentar o tráfego e os cliques no seu website.

 

1. Hiperlinks eficazes

Os hiperlinks são aquelas expressões clicáveis que redirecionam o leitor para uma certa página.

Assim, é necessário que tenha cuidado com o texto que usa, pois pode fazer toda a diferença.

Não use o seu URL completo e não os deixe demasiado discretos, inseridos no meio de uma frase. Crie um Call-to-action.

Por exemplo:

“No website há novidades” - se colocar um link nesta frase, o link passará despercebido e o leitor não se vai sentir convidado a visitar o link. Em contrapartida, “No website há novidades. Clique aqui para ver.” já tem um convite e chama a atenção.

 

2. Localização ideal para links

Assim como em qualquer webpage, o local onde o link é colocado num email desempenha um papel extremamente importante.

Como era de esperar, o primeiro link que aparece é o que, por norma, recebe mais cliques.

Por esse motivo, foque-se no principal objetivo e, seja ele qual for, coloque-o no topo da newsletter.

Seja o que for que pretende dizer, certifique-se que apela à ação.

 

3. Estratégia de landing pages

As landing pages são consideradas páginas de destino, tal como homepages e não precisam de ser nada exagerado, mas deverão cumprir o propósito que leva o visitante a carregar no link.

Chame a atenção. Faça tomar a atitude pretendida e torne o seu leitor em conversão.

 

4. Imagens tomam hiperligações atraentes

Ao navegar na web, a nossa tendência é carregar em imagens. Para além de deverem ser atraentes e chamativas, deverá torná-las clicáveis.

Os call-to-actions deverão ter o aspeto de um botão colorido para que chamem também a atenção.