Instagram: A Chave para o Sucesso

Instagram: A Chave para o Sucesso

Social Media
12 Janeiro, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

Lançado em 2010 e comprada pelo Facebook dois anos depois, o Instagram atingiu no final do ano passado os 300 milhões de utilizadores. Uma razão mais que óbvia para as marcas começarem a apostar nesta rede social fazendo parte dos 600 milhões de fotos partilhadas diariamente.

 

O poder de uma imagem é indiscutível e as grandes marcas já se aperceberam disso: em 2014 o top 100 das marcas tinha uma presença de 86%, das quais 73% fazem pelo menos uma publicação por semana e 25% diariamente, pertencendo aos 1,6 biliões de interações diárias.

O crescimento médio anual destas marcas foi de 34% e a taxa de engagement no último semestre de 2014 desta rede social cresceu 415%, em comparação a 2012.

Esta rede social não é muito complicada de utilizar mas precisa de conhecer alguns pontos:

 

- Data de validade das publicações

A grande parte das interações é atingida nas primeiras horas de vida e são, por norma, recebidas até aos 13 dias. No entanto, 75% das interações são nas primeiras 48 horas.  

 

- As hashtags

Ao contrário das regras do Facebook que dizem que 5 são mais que o suficiente, no Instagram o número ideal ronda entre as 5 e as 10 hashtags, sendo que o máximo permitido pela rede são 30. Mas há duas regras de ouro: controlá-las sempre constantemente e utilizar as mais ‘populares no momento (pesquise as que estão na moda e use as que se adaptam à sua marca).

Não tenha medo de colocar algumas que não estejam diretamente relacionadas com a imagem e crie a sua própria hashtag.

 

- Tamanho da descrição

O normal é que as descrições rondem os 130 caracteres, mas não são muito tidas em conta pelo público que valoriza essencialmente a imagem e as hashtags.

 

- Localize-se

Apenas 5% das marcas incluem a sua localização mediante a publicação. No entanto, as que o fazem têm um rendimento cerca de 79% superior às restantes.

 

- Partilhe as imagens dos seus seguidores e clientes

Se, por acaso, vir alguma imagem de um seguidor com um produto seu ou a utilizar o seu serviço, não hesite em partilhá-la (identificando sempre o autor da imagem). Vai mostrar a sua admiração por eles e, apesar de apenas 36% das marcas utilizarem, registam-se cerca de 56% mais de interações que as restantes.

 

- Vídeos

Recentemente, o Instagram deixou de permitir apenas fotos e inclui agora vídeos. Sempre com o conteúdo visual destacado, a rede social dá-lhe outra alternativa para as suas publicações.

 

As empresas que mais se destacam nesta rede social são da indústrias automóveis, que vêem aqui uma montra onde podem divulgar os produtos e fazerem crescer o interesse do público-alvo.