Erros cometidos no vídeo online

Erros cometidos no vídeo online

Online Video
10 Setembro, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

O vídeo online é das melhores formas de envolver e converter o seu público, mas é uma estratégia que exige cuidado, um profundo conhecimento sobre o público e técnicas consistentes com os seus objetivos.

Por esse motivo, muitas vezes são cometidos erros que parecem insignificantes, mas que podem fazer toda a diferença. Mostramos-lhe a seguir 5 desses erros e como agir para os evitar.

 

1. Ter demasiadas mensagens (ou nenhumas)

O vídeo é uma estratégia atraente e envolvente. No entanto, elas precisam de se ajustar à sua estratégia e ter uma mensagem clara - uma mensagem.

Não queira dizer tudo ou compilar informações. Baseie-se num objetivo e apenas num, caso contrário vai perder o interesse e, pior ainda, a confiança.

 

2. Vídeos demasiado longos

Sim, os vídeos longos podem ser eficazes em determinadas circunstâncias. No entanto, introduções de texto, música longa, ou qualquer outro tipo de suplementos desnecessários deverão ser cortados.

Se for necessário, reparta o vídeo e vá partilhando aos poucos. Uma série de vídeos irá manter os seus espetadores por perto e fazê-los voltar para mais.

 

3. Não usar CTAs

Os CTAs (call-to-actions) têm, realmente, uma importância incontestável e tudo isto vai impulsionar o sucesso da sua estratégia.

Um CTA no fim do vídeo, ao invés de o deixar desvanecer, vai mover o seu público e gerar resultados mais rápidos. Formulários de e-mail vão também ajudá-lo a recolher informações valiosas sobre os espetadores.

 

4. Usar thumbnails básicos

Se quer que as pessoas vejam o seu conteúdo, escolha imagens atraentes e que incentivem as pessoas a clicar.

Tente evitar ao máximo imagens geradas automaticamente, criando thumbnails claros, simples e atraentes.

 

5. Títulos pobres ou falsos

Assim como a imagem, o título tem o poder de atrair o seu público (ou de o afastar).

Seja direto nos títulos: ele tem de ser apelativo mas não exagerado nem falso.

Capriche, escreva algo claro e conciso que resuma o vídeo e conte o que pode ser encontrado no vídeo, mas não crie títulos irreais, faça-o corresponder às expectativas.

Lembre-se que, neste caso, não importa a quantidade de pessoas que vão assistir ao vídeo, mas sim a sua atenção. Não lhe interessa que um vídeo seu seja visto 1 milhão de vezes, se não conseguir conversões.

Seja direto, verdadeiro e criativo.

 

Os vídeos não param de crescer e de se mostrar importantes: eles têm um impacto direto sobre receitas e vendas.

Tenha cuidado, conheça o terreno que pisa e, acima de tudo, conheça o seu público. Depois disso, o trabalho está bem facilitado.