Dropshipping: um novo termo do e-commerce

Dropshipping: um novo termo do e-commerce

eTrends
16 Setembro, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

O Mundo digital surpreende-nos diariamente e o e-commerce é das atividades mais recentes que envolve planificação e estratégias e que tem recebido grande atenção por parte dos marketeers.

A verdade é que vender online parece simples, de fácil gestão e promoção, mas pode ser muito complexo e exige muitas escolhas e estratégias.

 

O Dropshipping é uma dessas estratégias.

Consiste na venda do seu produto sem que o tenha em stock, enviando-o diretamente do fornecedor para o cliente.

As dificuldades desta estratégia são as mesmas do e-commerce tradicional, à exceção da necessidade da gestão de um stock e da logística do negócio, que não existe no dropshipping. No entanto, uma boa plataforma de e-commerce, boas estratégias de marketing digital e preços acessíveis são necessários em qualquer uma das situações.

 

Quanto ao lucro, o dropshipping torna-se mais complexo: as margens com que se trabalha situa-se entre cerca de 5% e 15% do valor do produto, tendo de, com esse valor, pagar impostos, serviço da plataforma, campanhas de marketing, etc, o que faz com que os resultados finais não sejam muito altos.

Para além disso, tem outras desvantagens:

- falta de controlo dos produtos, que nunca passam pela mão do vendedor, pode trazer-lhe problemas com os clientes, que poderão recebê-los danificados ou diferentes do esperado;

- suscetibilidade para problemas com o fornecedor que pode ter falta de stock ou atrasar-se a enviar;

- pouca variedade de produtos e fornecedores.

 

Mas nem tudo é mau. O dropshipping também tem vantagens, como o baixo investimento que exige, por não se investir num espaço e em mercadorias.

Uma vez que não existe stock, o empreendedor tem mais facilidade em mudar de fornecedores e produtos, podendo alterar o catálogo, eliminando ou acrescentando produtos sempre que pretender.

A inexistência de base ou de um espaço físico também se torna uma vantagem: para além de não ter despesas com o espaço, a gestão do negócio pode ser feita a partir de qualquer lugar com internet.

 

O dropshipping destaca-se, então, como uma estratégia ideal para quem pretende iniciar um negócio flexível sem ter de investir muito e que permita ter uma vida pessoal e profissional descansada. No entanto, será sempre necessário avaliar os pós e contras e estudar os objetivos que tem, o lugar que pretende alcançar e como consegui-los. Aprenda também os direitos dos consumidores para não ser apanhado desprevenido.