Dicas para aumentar o engagement por e-mail

Dicas para aumentar o engagement por e-mail

Marketing
11 Setembro, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

O aumento no volume de e-mails criou um problema para os marketeers, que agora têm de criar uma experiência única e oferecer qualidade para garantir que o e-mail tem sucesso.

Para aumentar o engagement e eficácia dos e-mails, os marketeers precisam de se concentrar na caixa de entrada.

Aqui estão cinco dicas para se certificar que os e-mails cheguem à caixa de entrada dos seus subscritores e que mantém as suas taxas de engagement no topo.

 

1. Criar um plano de e-mail

Como qualquer outra campanha, uma campanha de e-mail marketing começa com um plano. Crie um horário para que os assinantes criem o hábito de receber conteúdo. Não se esqueça de preparar um e-mail de boas vindas para os novos assinantes, saudando-os e explicando que benefícios terão.

Defina, também os conteúdos e o tempo entre cada e-mail, lembrando-se que é importante informá-los de promoções, incentivando-os à compra.

 

2. Segmentar o público

É importante manter os subscritores felizes.

Ao criar segmentos, o seu plano de marketing fica facilitado, uma vez que permite enviar conteúdos consistentes com o seu público: ideal para cativar os mais presentes e para atrair os menos envolvidos.

Um e-mail com base na segmentação pode elevar as taxas de abertura a 36% e as receitas a 24%.

 

3. Clarifique os dados

Organizar os dados dos seus assinantes é essencial para evitar que o seu e-mail vá parar à caixa de spam.

Uma lista clara melhora as taxas de inboxing e mostra que faz a gestão dos contactos dos seus clientes, transmitindo-lhe confiança e à vontade.

 

4. Campanhas na hora

A atualidade e relevância das campanhas ajuda a envolver o consumidor. Mensagens enviadas com base numa ação atual como carrinhos de compras abandonados, lembretes ou descontos são mais eficazes e envolvem mais que quaisquer outras, aumentando em 2,5 vezes o número de e-mails abertos e duplica a taxa de cliques.

Mostre ao seu subscritor que se importa com o bem-estar do seu subscritor e que lhe envia apenas o necessário, sabendo que tipo de mensagem lhe interessa mais.

 

Os consumidores estão a receber mais e-mails que nunca, fazendo com que eles evitem ler e-mails desnecessários e desinteressantes.

É importante que os convença que os seus e-mails não são spam e têm informações úteis para ele.