Como tornar um e-mail interessante?

Como tornar um e-mail interessante?

Marketing
26 Agosto, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

As conversões e contactos de e-mail conseguidos, são muito importantes, mas são apenas a vitória de uma batalha.

Os consumidores estão rodeados de barulho, com caixas de entrada cheias de e-mails e spam e não vai ser fácil chamar-lhe a atenção.

O e-mail marketing é considerado uma das estratégias mais importantes, mas as campanhas das marcas pouco mudam, acabando por saturar. Há que tentar algo novo e o blog Marketing Profs deu-nos estatísticas.

 

1. Segmentação meteorológica

Uma lista extensa de e-mails pode dar algum trabalho, porque os seus produtos podem estar a abranger áreas geográficas e meteorológicas diferentes. Imagine que está a enviar camisolas de lã para um grupo de pessoas que está numa zona de altas temperaturas?

Uma segmentação em tempo real permite que as empresas criem o conteúdo de acordo com o contexto. A segmentação atmosférica apresenta oportunidades também para o marketing de conteúdo, permitindo uma estratégia mais específica e personalizada.

 

2. Segmentação geográfica

Cerca de 67% dos e-mails são abertos por telemóvel, pelo que a localização do leitor e a segmentação geográfica é cada vez mais importante.

E-mails com mapas personalizados podem impulsionar as vendas mais elevadas simplesmente ao mostrar uma loja na esquina mais próxima.

 

3. Inventário em tempo real

Esta técnica pode ser usada pelos mais diversos serviços: gestão de eventos, companhias aéreas, lojas, etc. Ao exibir o inventário em tempo real em e-mails, as marcas podem fazer pressão sobre o cliente e conseguem controlar o stock de produtos/serviços.

 

4. Conteúdo ao vivo nas redes sociais

Qualquer estratégia de marketing é mais eficaz com outra estratégia em conjunto e o e-mail marketing não é exceção e as redes sociais são fantásticas para tal.

Ao integrar em tempo real o conteúdo nas redes sociais, as empresas têm também como preencher os e-mails.

Funciona muito bem com concursos, por exemplo. Avisando por e-mail um concurso qualquer no Instagram ou Facebook.

 

Os leitores já não são obrigados aos computadores para lerem e-mails, o que significa que a forma como interagem com os e-mails é diferente e muitos marketeers precisam de se atualizar.

De que está à espera?