Como tornar um Call-to-action persuasivo?

Como tornar um Call-to-action persuasivo?

Marketing
03 Julho, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

Quando um visitante entra no seu website, vai com um propósito pré-definido: subscrever newsletter, partilhar conteúdo, adquirir um produto, conhecê-lo melhor. Ou, no caso de entrar apenas por curiosidade, são os seus Call-to-Action que terão o papel de o converter em lead ou cliente.

Incentivar um visitante a tomar a ação que pretende é, realmente, das tarefas mais complexas que um marketer poderá ter. Para além do design incrível e do copy convincente, é importante que se concentre também nos call-to-action.

 

O blog Crazy Egg dá algumas dicas para CTAs imbatíveis:

- cor e design distinto do resto da página

- botão simples sem grandes imagens ou formas

- atentar no tamanho: fazê-lo grande o suficiente mas não demasiado

- colocar poucas opções de escolha

- texto curto mas poderoso

- aparência clicável

 

Mas nós não ficámos satisfeitos e resolvermos dar-lhe mais ferramentas para transformar um CTA num conversor ainda mais eficaz.

 

1. Originalidade

Como marketeer já sabe que é quase uma obrigação distinguir-se dos seus concorrentes. Nada de complexo, mas eficaz que faz o seu visitante querer tornar-se especial, como se estivesse a tomar uma atitude especial.

 

2. Sem rodeios

Deixe-se de rodeios. O seu website tem um objetivo: o negócio e toda a gente o sabe. Não há necessidade de explicações. Seja preciso e diga aos seus visitantes exatamente o que pretende que façam.

Use palavras como “download”, “inscreva-se”, “submeter”, “pedir orçamento”, “amostra grátis”, etc.

 

3. Urgência

O Call-to-action deverá criar urgência para que o visitante ache essencial tomar uma decisão.

Poderá fazê-lo com uma mensagem que transmita a perda de uma oportunidade ou que está atrasado em relação a algo ou alguém, e deveria aproveitar.

Outra abordagem possível é mostrar que a oferta tem tempo limite: palavras como “hoje” e “agora” adicionam uma maior sensação de urgência.

 

4. Palavras de ação

Como se sabe, há palavras e expressões com mais força que outras.

Use palavras que obriguem os visitantes a fazer o que pretende, dando-lhe direções óbvias para tomar a atitude certa.

 

5. Facilidade

A transição entre o clique no CTA e a execução da tarefa deve ser fácil e contínua. Informe também os seus potenciais clientes que a conversão não tem custo.

 

Para criar um CTA persuasivo é necessário tempo e criatividade. No entanto, ele precisa de ser simples o suficiente para que os utilizadores possam compreender a mensagem e ao mesmo tempo atraente para os convencer a fazer o que pretende.


tags: