Como manter visitas no website?

Como manter visitas no website?

Marketing
30 Novembro, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

As visitas não são uma métrica clara. No entanto, se não visitarem o website dificilmente haverá conversões. Por isso, é importante para criar um design cuidadoso e ter uma estrutura que não afaste os visitantes.

 

O blog Marketingland juntou 6 motivos que podem levar ao abandono ou a evitar a visita ao website.

 

1. Design Mobile

Mais de 50% das pesquisas online são feitas em dispositivos móveis e este número tem tendência a aumentar.

Um website sem preparação mobile pode demorar demasiado tempo a carregar e não se adaptar ao ecrã, o que vai afastar o público.

Aliás, a falta de um designer mobile-friendly terá um impacto na taxa de rejeição.

Considere as necessidades móveis do seu consumo e construa um design não só responsivo como adaptativo.

 

2. Lentidão

A velocidade da página afeta as conversões.

Quantas vezes desistiu de visitar um website quando viu o quanto demorava a carregar? São 40% as pessoas que abandonaram um website que demora mais de 3 segundos a carregar. E se o Website não tiver visitas (para além das outras características todas que ajudam ao SEO), o Google vai penalizá-lo.

 

3. Imagens de baixa qualidade

Ou sem os direitos adquiridos.

O conteúdo visual tem um grande peso na imagem que os seus visitantes têm da sua marca, ou seja, imagens de baixa qualidade ou com a marca d’água do stock de imagens vão fazê-lo ter visitantes de baixas referências e vão diminuir o retorno de visitantes. Este tipo de imagens vai ameaçar o profissionalismo do website.

Há ferramentas que até o ajudam a criar imagens personalizadas em pouco tempo e com um grau de dificuldade bastante baixo, tirando a necessidade de prender a este tipo de imagens.

 

4. Títulos enganosos

Muitos websites apresentam títulos apelativos, com o intuito de atrair o público. No entanto, muitas dessas vezes não correspondem à realidade.

Estes títulos não só vão provocar uma falha na confiança, como aumentar a taxa de rejeição e diminuir as ações sociais como partilhas e comentários.

Dê-lhes artigos interessantes e com conteúdos e estruturas partilháveis.

 

5. Pop-ups

Toda a gente reconhece o quão chato é entrar num website e ver o ecrã invadido por pop-ups com campanhas e anúncios. Aliás, a tendência é que para além de fecharem estas janelas no momento em que aparecem, evitem voltar a visitar o website.

Os call-to-action funcionam mesmo (e talvez melhor) fora da pop-up, até porque muitos dos visitantes poderão tê-las bloqueadas.

 

Coloque-se na pele do visitante cada vez que pensa em mexer no seu website e durante a realização dos testes. Vai tornar-se muito mais fácil reconhecer as falhas.