Como envolver o público com vídeo online

Como envolver o público com vídeo online

Online Video
24 Agosto, 2015 -
Tempo de leitura : 2 min

Há uma ideia crescente que levar as pessoas a investir tempo ativamente com a nossa marca tem um impacto positivo não só nas métricas como também nas vendas.
E, a verdade, é que o vídeo online se demonstra uma das formas mais eficazes de o fazer e é isso que vamos explicar neste artigo: como manter a atenção do seu público em si?

 

1. O vídeo é a personagem principal
Sim, um vídeo animado pode ser bem-sucedido. No entanto, há estudos que provam que o vídeo real tem resultados melhores… e o Live Streaming está a ganhar força também graças a esse fator.

 

2. Anúncio interativo
Os espetadores adoram que a marca se aproxime deles, o que implica interação.
Enviar o espetador logo para o seu website, muitas vezes, choca. No entanto, acrescentar informações e elementos interativos no anúncio, pode ajudar! Mas claro, esses elementos deverão ser relacionados com o seu negócio.

 

3. Mobile-friendly
O design responsivo permite à marca criar experiências mais envolventes e estar mais próxima do público, para não dizer, literalmente, “estar nas suas mãos”. No entanto, não deixe de caprichar no vídeo. Faça-o à sua moda e aloje-o numa plataforma que permita ser visto com qualidade em qualquer dispositivo, a qualquer momento.

 

4. Alojamento e recursos
Muitas vezes, o local original do vídeo não tem tanto sucesso como um segundo local onde o vídeo também está alojado. Isto acontece porque, normalmente, os espetadores não deverão deixar o vídeo antes dos 30 segundos, para terem tempo de ficar presos ao conteúdo e quererem explorá-lo.
O vídeo deve, realmente, ser alojado em locais com movimento como as redes sociais e, preferencialmente, com sistema autoplay, para o espetador o poder ver mesmo que não esteja a contar. Mas, primeiramente, deverá ser alojado numa plataforma que também ofereça esse tipo de recursos, mas que o salvaguarde de anúncios e condições desnecessárias. O seu player e reprodução deverão enquadrar-se no seu design e mensagem.

 

5. A viagem do espetador

Seja qual for o local em que o encontre, lembre-se que o espetador deverá ser levado para completar a ação. E esta é outra das razões por que independentemente de alojar o vídeo nas redes sociais, deverá tê-lo sempre numa OVP: o player do YouTube, por exemplo, mesmo estando no seu website, será uma porta de saída.
Respeite a viagem do espetador, mas não o deixe ter a sensação que está a ser afastado da sua marca, afinal o seu objetivo é o oposto!

É importante que se mantenha fiel a si próprio, mas que conheça o seu público a fundo para saber o que mais lhe chamará a atenção.