5 essenciais da estratégia de video marketing

5 essenciais da estratégia de video marketing

Online Video
16 Novembro, 2015 -
Tempo de leitura : 3 min

Este ano já está marcado como o ano do video marketing e as empresas encontram maneiras criativas para atingir os clientes.

Os vídeos destacam-se em qualquer estratégia em que estejam incluídos, dando ao cliente uma visão rápida incluídos, dando ao cliente uma visão rápida do produto, facilitando a memorização e compreensão.

Para além disso, o vídeo é um conteúdo bem atraente e, com o desenvolvimento das tecnologias é mais fácil hoje criar um bom vídeo. No entanto, ainda é preciso ter algum cuidado, com a planificação e elaboração da estratégia de video marketing.

 

A Forbes organizou uma lista com 5 pontos que a estratégia de vídeo deve incluir:

 

1. Vídeos curtos

As redes sociais estão a mudar o tipo de conteúdo partilhado, tornando-os cada vez mais visuais.

Várias aplicações permitem fazer vídeos com menos de 10 segundos e a maior parte das redes sociais já integram a possibilidade de fazer vídeos nativos, inclusivamente em direto.

Estes vídeos nas redes sociais têm tendência a ser mais pequenos, o que permite aos clientes visualizarem rapidamente a mensagem.

 

2. Tutoriais e dicas

Uma das grandes técnicas para mostrar que a sua área de especialização é criar um problema que o seu produto possa solucionar.

Criar tutoriais vai mostrar o especialista que é no assunto, levando o espetador a querer saber mais sobre o seu negócio.

Dicas de como é fácil usar o seu produto, tutoriais, ideias de utilização, etc, são tudo formas de desenvolver uma nova imagem sobre si.

 

3. Conteúdo gerado pelo leitor

A ligação com os seus clientes tem várias formas de se tornar maior ainda e uma delas é torná-lo parte integrante da sua estratégia: o conteúdo gerado por uma empresa nunca é tão poderoso quanto um gerado pelo utilizador e tem mais dificuldade em gerar resposta.

A Forbes aconselha a que, em vez de passar horas a criar um conteúdo, convide o seu público a fazê-lo, até porque transparece a paixão deles pelos seus produtos/serviços, e os seus restantes clientes vão perceber isso e vão querer dar-lhe uma oportunidade.

 

4. Call-to-action

Os call-to-action são imprescindíveis e nem todos os marketers percebem isso.

Se não houver indicação do que fazer posteriormente a assistirem ao seu vídeo, é provável que o público se perca.

Este CTA pode ser o cupão de desconto, vale de desconto, um formulário de newsletter ou o simples encaminhamento para a página de serviço ou produto.

Um bom CTA pode transformar o seu vídeo num gerador de conversões.

 

5. Agendar a publicação

Depois de ter a certeza do conteúdo dos seus vídeos, configure o agendamento.

Pense em toda a campanha, dê um espaço entre o lançamento de cada vídeo, organize as publicações nas redes sociais.

 

Uma boa campanha de video marketing, quando realizado corretamente, vai a ajudar a marca a alcançar novos consumidores e transformá-los em novos clientes.