10 dicas para fazer um bom Live Streaming

10 dicas para fazer um bom Live Streaming

Live Streaming
05 Setembro, 2014 -
Tempo de leitura : 3 min

A transmissão do seu evento em direto é algo que influenciará a imagem da sua empresa, por isso, irá querer que corra bem.

Deixamos 10 dicas para a seu Live Streaming resulte numa boa experiência: 

1. Objetivos

O que pretende com o evento? É importante que defina os objetivos com sensatez, pois cada meta poderá ter um tipo diferente de evento para lá chegar.

2. Público-alvo

É essencial que se conheçam os públicos em que nos queremos focar. Não se esqueça que cada público tem as suas características e as suas preferências.

3. Tempo

"Há tempo para tudo" e a transmissão de um evento não é exeção. Poderá haver dias da semana e alturas do dia em que o seu público esteja mais receptivo e disponível, por isso foque-se em descobrir qual a altura ideal.

4. Nome

O nome é um dado fundamental para se transmitir o evento ao público e é importante não o tornar no calcanhar de Aquiles: resuma o seu evento no mínimo de palavras possível e torne esse título num isco para atrair os seus clientes! Não se esqueça que será uma vantagem SEO se utilizar as keywords corretas.

Efetue uma pesquisa antes e pense no que lhe despertava interesse se fosse o utilizador.

5. Redes Sociais

Estas pérolas da internet têm a vantagem da publicidade barata e de, por norma, já estarem focadas no seu público. Não hesite em tirar partido delas!

Crie uma Hashtag própria e vá publicando também durante o evento.

6. Conteúdo

Não descarte o conteúdo do evento, ele é o mais importante! Independentemente do objetivo que definiu para o seu evento, o ponto assente e comum em qualquer que seja o evento é querer que o público deseje mais do que o transmitido.

7. Landing Page

Uma landing page do seu evento é algo que pode agradar em muito ao seu público e que lhe permite ter uma ideia do impacto que está a ter: organize-a de forma a pedir o registo (um registo simples, sem grandes questões) no fim direcione para a página do evento. Faça também questão que recebam uma confirmação do registo e ofereça alguma vantagem nesse registo de forma a que o público fique tentado a aderir.

8. Call to action

Não tenha medo e aposte em botões, imagens, gráficos... que promovam o evento. Utilize um botão com o link para o registo ou diretamente para o evento.

9. Apoio

Não tente fazer tudo sozinho: reúna à sua volta uma equipa de apoio que saiba que está disponível para tudo: pelo menos um técnico de imagem/som ou que consiga resolver qualquer outro problema técnico, uma pessoa focada para o contacto com o público, etc.

10. Apresentador

      Escolha um bom apresentador para o evento. Ele/a será a cara da sua empresa durante todo o evento!

    Depois do evento será importante não deixar que de “alimentar” as redes sociais. Capitalize a ligação que conseguiu com o seu público. Crie um vídeo com a transmissão e publique-o no seu website e nas redes sociais para poderem assistir quando quiserem, crie uma Thank You page e envie um email de agradecimento a quem se registou.

      É natural do ser humano reparar primeiro no que está errado e só depois do que está certo, por isso capriche nos pormenores: o público é muito exigente com as marcas a que se fideliza!